Domingo, 20 Março 2016 22:43

Fugu - o peixe venenoso

O que você acha da ideia de comer peixe venenoso?

Pois no Japão, o Fugu, peixe venenoso, é uma especiaria apreciada por muitos, mas preparada apenas por poucos. Isto porque longe de ser mito ou mentira, o Fugu, é de fato um peixe que possue um veneno poderoso, capaz de matar várias pessoas com um só exemplar de sua espécie. Por isto, existe no Japão uma legislação específica para regular o seu consumo. Apenas restaurantes autorizados, cujos chefs são diplomados no assunto, podem preparar a iguaria, cujo sabor delicado, falta de gordura e textura são a justificativa para tamanho empenho. Após descartadas as partes venenosas, as mesmas são postas em uma lata que imediatamente recebe um cadeado por precaução.

Para prepará-lo são necessários três distintos tipos de faca: uma faca pesada e outra média, com as quais são retiradas sua pele e espinhas e uma mais fina que destina-se a cortá-lo em sashimi. Uma "dose" do exótico Fugu não custa menos que 100 euros por pessoa, mas quem já teve a oportunidade de fazê-lo jura que repetirá a dose. O peixe possui grande versatilidade culinária e pode ser consumido em sopa com tofu (Fuguyiri), em forma de lombinho estufado, cozido a vapor, grelhado, em filé com molho doce e até sua pele serve para fazer geléia com molho de soja. Samurais e Imperadores eram proibidos de consumi-lo e até hoje esta proibição é válida para o Imperador.

Na costa japonesa existem 38 espécies de Fugu, porém apenas 22 delas são permitidas ao consumo, ou seja, os chefs especializados precisam saber distinguir umas das outras, pois mesmo com tantos cuidados ainda há relatos de que cerca de 70 pessoas morrem anualmente envenenadas pelo peixe. Para tirar seu diploma como Chef de Fugu, é necessário passar bem em três exames: saber limpá-lo a perfeição, saber cortá-lo em sashimi em apenas 20 minutos e saber identificar todas as suas variedades, pois seu veneno é mais potente que o cianureto e não possue odor.

A cidade de Shimonoseki, em Yamaguchi, que fica na ponta sul da ilha de Honshu é conhecida com a "Fugu City", ou cidade do Fugu, pois é nela que é comercializada toda captura de Fugu feita em águas japonesas, o que representa algo em torno de 3 toneladas anuais.

E você? Teria coragem de provar o Fugu?

12806230 1704469469838141 4084751273726045595 n

foto acima concedida pelo nosso arquiteto Ricardo Guimarães


2010-06-17-16-27-50-2-venomous-fish-called-fugu-is-made-from-puffer-fish 1

Japanese-Men-Fall-Sick-After-Eating-Poisonous-Puffer-Fish

fugu-pufferfish-forsale

 

 

Terça, 23 Fevereiro 2016 01:32

Santuário Motonosumi Inari - Japão

Famoso pela sequência de 123 Torii vermelhos (portões xintoístas), que se estendem ao mar, fazendo uma espécie de passagem-túnel, o Santuário de Motonosumi Inari, localiza-se na cidade de Tsuwano, na província de Yamagushi.

Segundo a lenda, o santuário foi construído após uma raposa branca fazer uma revelação a um pescador local. De acordo com ela, para obter sucesso em suas pescarias, o pescador deveria construir um santuário naquele local e assim foi feito.

As raposas (kitsune) são muito presentes no folclore japonês, de acordo com o qual existe uma versão má e uma boa para a espécie. As raposas brancas (Zenko) fazem parte das boas e são as mensageiras do deus Inari. Por isso representações das mesmas são encontradas em vários templos e santuários no Japão.

Por causa da "revelação divina" que levou a sua construção, em 1955, o santuário tornou-se um atrativo para muitos que desejam obter sucesso e prosperidade em seu objetivos que podem ser desde obter segurança no mar e boas pescas até o desejo de engravidar ou ser bem sucedido nos estudos e negócios.

Mas engana-se quem pensa que para tais êxitos basta visitar o santuário. Na verdade, para que o pedido esteja mesmo garantido é preciso jogar moedas em uma caixa que encontra-se no topo do portão Inari, tarefa nem tão simples assim, dada a altura em que a caixa se encontra. Ainda assim, a beleza do local vale a visita e tentar é sempre válido, independente da sua habilidade em fazer arremessos.

Motonosumi-Inari-Shrine-in-Nagato

 

kitsune02

ac55bfa752a0f726e617e7bca36f454b

2.-Kuil-Motonosumi-Inari-di-Jepang-Nan-Unik-2-1024x682

Quinta, 04 Fevereiro 2016 05:04

Festival de Neve de Sapporo

Enquanto por aqui vai chegando ao fim a festa mais quente do ano, no Japão encerra-se hoje o Festival de Neve de Sapporo. Já na sua 67º edição, o festival atrai anualmente milhões de visitantes de todas as partes do Globo. 

É uma semana de muito frio, gigantescas esculturas feitas de neve e gelo, muita luz e variadas opções de lazer. O festival toma conta de toda a cidade e fica dividido da seguinte maneira: a parte principal  fica em Odori, e é aonde estão a maior parte das esculturas e muitas opções de bebidas bem quentes pra afastar o frio enquanto se anda entre elas. As esculturas são impressionantes, tanto na riqueza de detalhes, quanto em dimensão, já que algumas chegam a ter 25 metros de largura por cerca de 15 metros de altura. Os temas são uma atração a parte como você poderá conferir abaixo. Em Tsudome ficam as atividades na neve, como ski, rafting, tobogãs de neve. É diversão certa para adultos e crianças. Já em Susukino acontece o Concurso de escultura de gelo. Todos os locais e todas as esculturas ficam iluminadas diariamente até as 22h e com tantas atividades fica até difícil sentir as temperaturas negativas. Veja só as fotos de anos variados.

54cfd08dc335146e49865437 sapporo-snow-festival-1152

 

content c8-Photo-by-Bert-van-Dijk.-Harbin-International-Snow-and-Ice-Festival

 

Snow Star Wars The 66th Sapporo Snow Festival

 

sapporo snow festival 0

 

215754503 f86beae9ac o

 

P1020682

 

top l poster

Pagina 9 de 33
Copyright © 2012 - Minimok - Desenvolvido por Caffo Siga o Minimok no Facebook